Archive for the 'Crítica' Category

jul 25 2013

Introdução ao Sincronário da Paz e seu “Dia Fora do Tempo”: entre política e mística, do “tempo natural” à invasão europeia e o congelamento do Calendário Maia

Por Thiago Cavalcanti Índice: 0. Nota do autor 1. Introdução ao Sincronário da Paz 2. Do funcionamento do calendário de Argüelles e da importância dos dias “0.0 Hunab Ku” e “Fora do Tempo” 3. Da influência colonial no calendário de Argüelles e o paradoxo do resgate maia galáctico 4. Breve comentário sobre a convergência harmônica [...]

No responses yet

mar 24 2013

Quando “nosso” calendário suplanta o calendário maia

Por Thiago Cavalcanti Ontem, pelas redes sociais, me deparei com uma dessas imagens que trazem uma mensagem em texto de uma maneira mais atraente, acompanhado de uma foto ou ilustração. A mensagem, no caso, afirmava que um famoso governante maia, talvez o mais famoso deles, estava “fazendo aniversário” justamente ontem, dia 23 de março no calendário [...]

No responses yet

out 13 2012

Por uma antropologia maianista (e indigenista) ao lado dos povos maias e mesoamericanos

Este post marca o início de uma empreitada de preocupação antropológica e indigenista mais efetiva neste espaço virtual, sempre em busca de desfazer nós que prendem o entendimento. Um salve pra todos os amigos nesse dia 13 B’atz (13-Macaco) do calendário ritual maia, equivalente a 13/10/2012 e que representa o fio de ideias que há de [...]

No responses yet

ago 07 2011

Mayas piden más espacios para mujeres

Participantes del I Congreso de Mujeres Mayas Políticas expresaron su respaldo a las iniciativas para aumentar la intervención indígena femenina en la vida política, al presentar las conclusiones del encuentro. Luego de tres días de debate y exposición, las cerca de 160 participantes reconocieron la importancia del actual liderazgo, y resaltaron que por segunda vez [...]

No responses yet

out 27 2010

Simbolismo do segundo turno das eleições no Calendário Maia e observações políticas

por Thiago Cavalcanti   Talvez nunca tenha feito tanto sentido o simbolismo de um dia que corresponde ao segundo turno das eleições presidenciais (e em alguns casos, também estaduais) no Brasil.

No responses yet

Next »